Europa suicida-se perante a Turquia

A Arte da Omissao

Ao assinar um acordo com a Turquia para diminuir o afluxo de refugiados – acordo ilegal à luz do direito internacional – os líderes da União Europeia deram mais um passo no seu pacto com o diabo. Grande parte dos 3 mil milhões de euros atribuídos anualmente a Ankara,  servirão para financiar o apoio aos jihadistas, e o resultado será o aumento do número de migrantes que fugirão da guerra.

Particularmente,através da revogaçãodo vistos nos próximos meses à Turquia os europeus estabelecem a livre circulação entre os campos da Al-Qaeda da Turquia e Bruxelas.

Ao esmagar o povo iraquiano e sírio sob a pressão dos jihadistas financiados indirectamente por ela própria, e ao abandonar o povo turco à ditadura do presidente Erdoğan, a Europa prepara as bases para um vasto confronto, em que ela própria será a vítima.

|…

View original post 2,422 more words

Advertisements

“O beijo” de Klimt na Österreichische Galerie Belvedere, Viena

“The Kiss”, by Gustav Klimt

Mito Duplo

Já há algum tempo que a obra de Klimt me desperta bastante curiosidade. De passagem por Viena, não pude deixar de aproveitar a oportunidade de ver alguns dos seus trabalhos ao vivo.

E assim me dirigi à Österreichische Galerie Belvedere, em Viena, mais precisamente à metade do museu denominada Uberes Belvedere, instalada num magnífico palácio setecentista, no topo de uma colina.

A visita a este museu vale bastante a pena, pois além do apreciado Gustav Klimt, apresenta também muitos outros pintores austríacos de vários períodos, desde o medieval até ao moderno. Vários artistas estrangeiros também marcam presença na coleção, como Vicent Van Gogh e Edvard Munch.

E agora, Klimt. Existem 3 salas do museu completamente dedicadas a este artista. Numa delas podemos apreciar um período inicial com representações naturais de jardins e outras paisagens, que o artista acabaria por incorporar na parte inferior do seu quadro “O beijo”.

Na…

View original post 146 more words

“O caso Spotlight” ou o verdadeiro jornalismo de investigação

Um exemplo a seguir

Mito Duplo

O mito duplo foi ver este filme e foi uma agradável surpresa. Mostra como o verdadeiro jornalismo de investigação pode ajudar as vítimas ocultas de adversários poderosos como a igreja católica de Boston.

Curiosamente, um dos jornalistas que investigaram este caso era luso-descendente.

Um bom exemplo de coragem a seguir e a divulgar.

Spotlight

Algumas referências:

View original post

“Boas Pessoas” de David Lindsay-Abaire no Teatro Aberto

Mito Duplo

160301-172727 - KopieO mito duplo foi ver “Boas Pessoas”, de David Lindsay-Abaire, ao Teatro Aberto. A sala azul estava quase cheia, quando um grupo de 4 estudantes de teatro entrou para a zona dos lugares de número par, situada do lado direito de quem está virado para o palco. Nessa altura, o palco já ostentava uma geometria curiosa de quadrados no chão, iluminados por uma luz alaranjada. Uma voz anunciou o início da peça, pedindo que toda a gente desligasse mesmo os telemóveis, para evitar interferências com o equipamento de som da sala e para não incomodar os atores. Curiosamente, não se ouviu nenhum telemóvel tocar durante o espetáculo, a não ser um que fazia parte da peça.

A peça contou com as participações de Leonor Seixas, Maria João Abreu e Pedro Laginha, entre outros atores. O enredo girava à volta de uma mulher de um bairro desfavorecido, que perdia o…

View original post 134 more words